ONG Mandingueiros do Amanhã assina termo de adesão ao programa Adote um Casarão

Gestores e técnicos da Secid e integrantes da ONG Mandingueiros do Amanhã durante a assinatura do termo de adesão (Foto: Divulgação)

Representantes da organização não governamental Mandingueiros do Amanhã assinaram, na terça-feira (10), termo de adesão ao Programa Adote um Casarão. A instituição promove o estudo e a prática da Capoeira Angola e outras manifestações culturais para crianças e adolescentes de São Luís e outros municípios do Maranhão. O programa Adote um Casarão tem como objetivo revitalizar o Centro Histórico de São Luís.

Mestre Bamba, integrante da ONG, definiu a assinatura do termo de adesão como mais passo para a concretização do projeto. “É mais uma segurança jurídica para nós. Agradecemos a todos por esta oportunidade em poder compartilhar o estudo, a cultura e a arte da capoeira entre os adolescentes”. 

O ato de formalização do termo de adesão foi realizado na sede da Secid, com a presença do secretário adjunto de Assuntos Metropolitanos, Raimundo Reis; equipe técnica do programa Nosso Centro; e os idealizadores do projeto Mandingueiros.

Raimundo Reis explicou a iniciativa como uma estratégia, dentro do Programa Nosso Centro, que visa transformar a região central da cidade, promovendo o desenvolvimento e a revitalização, com implementação de ações e projetos com foco em diversas áreas e setores.

“Com a concessão desses imóveis, na região central de São Luís, o Governo do Estado visa reduzir os vazios urbanos de forma sustentável, explorar as potencialidades locais, estimular a maior circulação de pessoas na localidade, bem como gerar empregos e renda aos maranhenses”, afirma o gestor. 

Raimundo Reis afirmou, também, que a meta é promover e fortalecer a cultura tradicional, fortalecer a região na área de lazer e preservar e difundir o patrimônio cultural material e imaterial do Maranhão. 

Mandingueiros do Amanhã

Gestores e técnicos da Secid e integrantes da ONG Mandingueiros do Amanhã durante a assinatura do termo de adesão (Foto: Divulgação)

A ONG Mandingueiros do Amanhã tem cerca de quase 15 anos de atuação. Surgiu da iniciativa de dois de seus fundadores, que começaram, voluntariamente, a dar aulas de capoeira para crianças do bairro da Madre de Deus. Em 2003, a ONG foi criada oficialmente e passou ter a participação de vários jovens da região. Tem forte atividade, também, no território quilombola de Santa Maria dos Pretos (município de Itapecuru-Mirim) e outras quatro comunidades. 

Segundo dados do IBGE, o Maranhão é um dos três estados brasileiros com maior contingente populacional de negros e afrodescendentes. Com o objetivo de superar as desigualdades da região, o Centro Cultural e Educacional Mandingueiros do Amanhã promove o estudo e a prática da Capoeira Angola entre crianças e adolescentes.

A instituição promove oficinas de percussão, capoeira, confecção de instrumentos, informática e audiovisual, leitura e brincadeiras populares, apresentações culturais da orquestra de berimbaus e tambor de crioula, rodas de cultura e debates em comunidades quilombolas de Alcântara e Itapecuru-Mirim, e em escolas de São Luís.

Contato

Endereço: Av. Getúlio Vargas, 1908
Monte Castelo,São Luís - MA, CEP: 65030-005
Fone:(98) 3133-1400