“Centro de Iniciação ao Trabalho inaugurado em São Luís vai garantir cursos de qualificação para jovens e adultos, sem custo algum”, afirma Rubens Júnior

 

O grande dia chegou. A comunidade da Liberdade e bairros adjacentes ganharam um espaço voltado para qualificação profissional. Trata-se do Centro de Iniciação ao Trabalho (CIT), equipamento comunitário que integra o Plano de Urbanização da Avenida Jackson Lago, executado pela Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid). O local foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (6) como parte das homenagens ao aniversário dos 407 anos de São Luís, comemorado no domingo (8).

No evento, o governador Flávio Dino afirmou que hoje foi o dia de escrever mais uma página de uma grande história. Segundo ele, as entidades que estavam presente sabem que o projeto de Urbanização da Avenida Jackson Lago começou há 11 anos, porém as lutas para a sua concretização têm décadas e décadas, uma vez que em larga medida, em São Luís, se conta história do Brasil. “Estamos avançando na concepção deste projeto e implantando aquilo que é mais importante: justiça social e igualdade”, disse.

Na região, o Governo do Maranhão, na atual gestão, já inaugurou a praça Negro Cosme, implantou o CRAS e também hoje inaugurou o Batalhão da Polícia. E ao lado, estão sendo construídas uma escola e uma creche. Além disso, também existe instalado o Conselho Tutelar e a praça Maria Firmina dos Reis, que saneou toda a região da ponte Bandeira Tribuzzi.

Segundo o secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior, o “Centro vai garantir cursos de qualificação, oficinas, treinamento em diversas áreas para jovens e adultos, sem custo algum, visando a inclusão social, geração de renda e a inserção no mercado de trabalho. É o Governo do Estado trabalhando, fazendo mais para todos”, afirmou.

O gestor da Secid falou ainda que o Centro de Iniciação ao Trabalho vai funcionar por meio de uma gestão compartilhada, sendo que a Secretaria das Cidades garantiu a construção, já a Secretaria de Governo (Segov) será a responsável pela mobília, a Secretaria de Trabalho e Economia Solidária (Setres) ficará com a promoção dos cursos e a Secretaria de Igualdade Racial (SEIR) será a gestora do processo.

O secretário da SEIR, Jerferson Pinheiro, explicou que o Centro vai possibilitar a integração da juventude e também de mulheres, no sentido de promover capacitações por meio de cursos e formação em diversos temas. Além de trabalhar com as incubadoras e com startups, o Centro será um espaço para estudar as questões étnico-raciais.

Cursos ofertados

Corte costura; estamparias (motivos afros e da cultura popular); curso de pintura em azulejos; oficina de customização; oficina de miniatura de personagem da cultura popular (veludo e canutilho); oficina de designer de moda afro; oficina de Hip Hop; oficina de adereço de orixás; oficina de turbante; oficina de modelo fotográfico e passarela para juventude; curso de bordado Richelieu; cursos de pequenos reparos para construção civil (para mulheres) e o curso de inclusão digital para jovens.

Contato

Endereço: Av. Getúlio Vargas, 1908
Monte Castelo,São Luís - MA, CEP: 65030-005
Fone:(98) 3133-1400